Mulheres china

Passo a passo para realizar um sequestro bem sucedido!

2020.11.22 13:56 Elpychula Passo a passo para realizar um sequestro bem sucedido!

Como sequestrar?
Primeiro você precisa de um bom plano, você pode simplesmente dar sonífero à pessoa e colocá-la dentro de uma geladeira, se você for pobre e não tiver uma geladeira ou a sua geladeira é Brastemp roube um carro e coloque o infeliz dentro.
Se eu sequestrar alguem, para onde devo levá-la?
Depois de iniciado o sequestro o primeiro passo é guardar o sortudo sequestrado, consiga uma cabana confortável com hidromassagem e ar condicionado e muita comida. Obs: um baú também serve, se o infeliz não couber, corte-o em pedaços para guardar no baú e quando o resgate for pago cole-o com Super Bonder corpus junteitor Edição Limitada, ou simplesmente corra para as colinas.
O que fazer em um sequestro
Caso você sequestre uma pessoa rica, peça dinheiro! Tipo uns um milhão de reais. Mas se você pegou uma mulher gostosa não peça resgate: conquiste-a e transe a vontade!, Se você pegou uma Criancinha, faça o mesmo.
Lugares comuns onde acontecem sequestros
Favela
Seu bairro
China (Pois enquanto você lê isso, uma criança é sequestrada para ter seus orgãos genitais vendidos no mercado negro chinês)
Rio de Janeiro
Brasil
O que fazer se for descoberto?
Alguém sabe do seu segredo? Você tem três opções:
1°:Ameaças
Ameaçando você pode ganhar dinheiro!
Cena de um sequestro
2°:Companheiro
Assim terá mais gente te ajudando a esconder o segredo e fazer mais vitimas.
3°:Mate-o
Se o cara não coperar, vai ter que levá-lo para passear.
Obs: Se vc for sewuestrar alguem, n sequestre alguem proximo d vc, pois isso fará com q desconfiem das pessoas proximas a vitima q foi raptada, tente ir a algum lugar publico para escolher sua vitima, se vc quiser sequestra uma criança por exemplo, va a playgrounds, shoppings, espere na porta de escolas. E dps q vc escolheu a criança q vc quer sequestrar, agr e so passar a seguir ela, descretamente e claro, e descubra se ela tem algum tipo d rotina, se ela faz algum esporte por exemplo, ou então todo dia dps das 15 hrs ela vai para a casa da avó, descubra um meio d realizar o sequestro enquanto a criança cumpre essa rotina dela, será mais natural e mais efetivo, ou se vc tem boas habilidades furtivas, pode tentar a sorte e raptá-la na casa dela enquanto ela dorme.
Bom, e basicamente isso, se tiverem alguma duvida e so deixar ai nos comentarios, vou tentar ajudar👍
submitted by Elpychula to AgiotasClub [link] [comments]


2020.11.12 15:28 1984stardusta Só o capitalismo permite que quem fale mal ele fique rico. A China mata e manda a conta das balas para família,Cuba manda prender mulheres que choram à morte dos seus filhos e Venezuela faz uma lista para deixar que pessoas passem fome....

Só o capitalismo permite que quem fale mal ele fique rico. A China mata e manda a conta das balas para família,Cuba manda prender mulheres que choram à morte dos seus filhos e Venezuela faz uma lista para deixar que pessoas passem fome.... submitted by 1984stardusta to Brasilivrelivre [link] [comments]


2020.10.26 20:58 gr33nz44k O Grande Reset e o COVID-19: acaso ou pré-planejado?

O Grande Reset e o COVID-19: acaso ou pré-planejado?
Se você tem acesso á internet, tem mais que 4 neurônios se comunicando apropriadamente e não recebe toda sua informação de uma única bolha ou ''panelinha'' midiática, já deve ter percebido que o mundo passa pelo que estão chamando de ''O Grande Reset''.
Futura capa da Time Magazine.
O Great Reset resumidamente se trata de alterar definitivamente a percepção humana sobre a realidade e lentamente implantar um novo padrão comportamental na sociedade em geral. Lembra como a mídia sempre insistiu no termo ''novo normal''?
Para aqueles que tem o mínimo de brio pela descoberta da verdade e vontade de tentar enxergar o outro lado da moeda sabe ou pelo menos desconfia que estamos apontados para uma certa direção:
- Mais autoritarismo travestido de democracia.
- Mais controle social-financeiro-comportamental, em diversos aspectos e sob diversos mecanismos
- Lenta transição para uma espécie oficial de governo único central global.
- Mais intolerância com quem pensa fora da bolha ou pensa diferente de você e maior marginalização (aka cancelamento) com quem pensa diferente da manada.
- Mais divisão social por meio de narrativas fabricadas e inorgânicas. (Dividir e Conquistar que chama, né?...)
- Censura e mais censura nas plataformas.
E tudo isso disfarçado de uma linda e bela fantasia de luta pelo bem estar social e democrático.

Eu insisto e bato nessa tecla diariamente: seja você de esquerda ou de direita (pare de jogar esse jogo por favor), branco ou preto, gay ou hetero, homem ou mulher, corinthiano ou palmeirense.... todos estamos no mesmo barco quando se trata do esforço real que a elite socio-economica (você ja ta sabendo que é o dinheiro que manda no mundo né?) faz para manter as massas (nós) brigando entre si e num constante estado de distração e involução espiritual/mental.

Nós ja vivemos numa corporatocracia\* travestida de democracia, e agora diante dos nossos narizes um desdobramento criminoso e autoritário da corporatocracia está lentamente se impondo (há anos) e logo seremos totalmente escravos da inteligencia artificial e do poder que ela terá de nos manter submissos as autoridades.
Simplificando:
Hoje, nós somos o produto, porém ainda temos certo nível de autonomia individual.
Amanhã, continuaremos sendo o produto, porém com uma vida muito mais controlada e a mercê de autoridades e de checadores da verdade ligados a essas autoridades, com consequencias caso não compactuemos com a ''bolha''. Nossa vida 100% rastreada.
Demonstração de como é o sistema de ''Score'' que ja está sendo usado em um ou alguns lugares na China. https://youtu.be/0cGB8dCDf3c
(*Corporocracia ou corporatocracia, ou ainda "governo das grandes empresas", é a denominação de um governo presumível em que o poder seria transferido do Estado (ou seja, de exercido em nome do povo) para o controle por empresas privadas.)

Time Magazine: The Great Reset https://time.com/collection/great-reset/
WORLD ECONOMIC FORUM: The Great Reset https://www.weforum.org/great-reset/
Projeto ID2020: https://id2020.org/
EVENTO 201, realizado em outubro de 2019 em Nova York, simulando um cenário de pandemia global e como os lideres globais deveriam se portar durante o processo: https://www.centerforhealthsecurity.org/event201/about
https://www.centerforhealthsecurity.org/event201/videos.html


Você acha que a elite global estava de braços cruzados ESPERANDO UMA OPORTUNIDADE ou voce acredita que eles mesmos tenham criado a oportunidade e pré-planejado a pandemia de 2020, que é o álibi perfeito para a implantação do Great Reset?
submitted by gr33nz44k to brasilivre [link] [comments]


2020.10.26 15:50 Des777soc Entre Robinho e a ditadura burguesa, esquerda escolhe a ditadura Por: Eduardo Vasco

Não julgo um jogador de futebol, um artista ou um policial por sua ideologia. Não sou moralista, mas materialista. No entanto, partamos do princípio de que Robinho é culpado, um estuprador.
Será papel da esquerda e das mulheres pedir ao Estado a cabeça de um estuprador? Será papel da esquerda exigir punição do Estado contra qualquer indivíduo?
O Estado é punitivo por sua própria natureza como entidade opressora. Essa é uma premissa histórica e essencial da esquerda. Qualquer um que se considera de esquerda deveria entender isso. Portanto, não é papel da esquerda alimentar esse punitivismo. A natureza da esquerda é libertária, não punitiva. O Estado já encarcera em massa, já mata os pobres na rua à luz do dia. Não precisa de nosso incentivo.
Seria como, na Idade Média, pedir para que o rei mandasse enforcar um estuprador, no Império Romano que os estupradores fossem crucificados. Ou mesmo que a justiça nazista ou da ditadura militar prendesse um estuprador. Defenderíamos que juízes nazistas condenassem um cidadão a ficar preso em um presídio nazista? Não estou dizendo um campo de concentração, estou dizendo um presídio normal. Qual é a diferença essencial entre o Estado brasileiro de hoje e o Estado da ditadura militar? Também não vivemos em uma ditadura antidemocrática voltada a retirar os mínimos direitos dos cidadãos? Não é essa mesma esquerda que diz que vivemos sob um governo fascista e que não existe Estado Democrático de Direito? Agora a esquerda sai pedindo socorro desse mesmo Estado.
A esquerda está fazendo o papel da direita. Tanto é que se juntou com a ministra bolsonarista Damares Alves no linchamento público de Robinho. Damares exigiu “cadeia imediatamente” para o jogador. Mas foi precedida por uma famosa esquerdista, a psolista Luciana Genro, que pediu em seu perfil no Facebook “que todos os envolvidos respondam pela consequência dos seus atos”. Responder perante quem? Perante as próprias mulheres e suas organizações? Claro que não: perante o Estado, que oprime todas as mulheres e todo o povo.
A realidade, portanto, é a seguinte: para condenar Robinho, a esquerda defende o mesmo sistema que gerou o estupro cometido por Robinho. O que a esquerda, até mesmo os que se passam por comunistas como os youtubers Jones Manoel e Sabrina Fernandes, está fazendo, é fortalecer e dar credibilidade à ditadura burguesa, defendendo suas instituições apodrecidas. Essa é a esquerda cirandeira que apoia e aplaude a mão de ferro do Estado burguês a todo o momento e que diz lutar contra as opressões, ignorando que o grande responsável por todas as opressões é o próprio Estado burguês. Na história do movimento operário, nenhum revolucionário jamais se prestou a um posicionamento tão rebaixado e vergonhoso.
A defesa de um Estado carcerário
Ao tratar Robinho como um pária, a esquerda está alimentando a crença propagada pela direita de que o Estado burguês dominado pelos golpistas e pela extrema-direita, ou seja, que as instituições putrefatas desse Estado são justas. É a defesa da instituição mais reacionária do Estado, o Judiciário, feita pela esquerda.
Mas isso não espanta o observador minimamente atento. Não é de hoje que a esquerda se esconde debaixo da saia das instituições reacionárias da burguesia. Ora, não é o próprio Jones Manoel que apoiou o golpe, que virou estrela da imprensa golpista e cujo partido está aderindo à frente ampla ao se aliar com partidos burgueses e golpistas nessas eleições?
Defender punições “exemplares” por parte do Estado significa defender o sistema carcerário. O Brasil tem a terceira maior população carcerária do mundo, atrás apenas de EUA e China, que têm mais habitantes do que nosso país.
Essa população era de 773.151 pessoas no 1º trimestre de 2019 segundo as últimas estatísticas, divulgadas pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) em fevereiro deste ano (Veja, 14/02/2020). Esse número é três vezes maior do que 20 anos atrás. As celas, por sua vez, sempre foram superlotadas. Em 2000, cabiam 135.710 pessoas mas havia 232.755 presos. Hoje, as celas que abrigam quase 800 mil presos deveriam ter 461 mil.
Esse sistema é particularmente perseguidor de negros como Robinho e de mulheres como a que foi estuprada por ele. Dados de 2019 revelados no último dia 18 no 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostram que, dos 657,8 mil presos cujas cores foram informadas, 438,7 mil são negros. Isso representa 66,7% dessa população, ou seja, dois terços.
Ainda segundo esse levantamento, entre 2008 e 2019 a população feminina nas prisões cresceu 71%. De acordo com a Diretoria de Análise de Políticas Públicas da FGV, em relatório de novembro de 2018, a população presidiária feminina cresceu quase 700%, com um aumento médio de 38% ao ano, entre 2000 e 2018.
O Anuário observa que, “no Brasil, se prende cada vez mais, mas, sobretudo, cada vez mais pessoas negras”. Amanda Pimentel, pesquisadora ligada ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública, afirma o seguinte:
“As prisões dos negros acontecem em razão das condições sociais, não apenas das condições de pobreza, mas das dificuldades de acesso aos direitos e a vivência em territórios de vulnerabilidade, que fazem com que essas pessoas sejam mais cooptadas pelas organizações criminosas e o mundo do crime.” (G1, 19/10/2020)
Ela diz ainda que a organização prisional é “extremamente voltada para o encarceramento do negro, que normalmente comete mais crimes patrimoniais”.
“Socialismo e Liberdade”: nem socialismo, nem liberdade
Essa esquerda pequeno-burguesa que, embora seja de diversos grupos, incluindo do PT, pode se enquadrar no espectro político-ideológico que orbita o PSOL, como os petistas mais pequeno-burgueses ou o PCB, por exemplo. E, logicamente, o próprio PSOL em si. Para essa esquerda, o marxismo precisa ser revisado. O socialismo não seria a derrubada violenta do Estado burguês e sua análise não é baseada na realidade material, mas sim em concepções idealistas. Segundo suas premissas, o socialismo só é válido se for com liberdade. Ou seja, existiria um socialismo sem liberdade, o marxista. Não entendem que a liberdade é inerente ao socialismo. Entretanto, ao advogarem o Estado burguês e suas instituições repressivas, demonstram que nem mesmo as liberdades democráticas e básicas eles defendem.
Vejamos uma concepção que é diametralmente oposta à dessa esquerda. Não precisa ser uma concepção exclusiva de um partido marxista e revolucionário como o PCO. Basta ser uma concepção libertária. É o caso do defendido pela juíza criminal Maria Lucia Karam. Em entrevista a respeito das punições estatais relacionadas a ataques contra as mulheres, como a Lei Maria da Penha ou a Lei do Feminicídio, ela afirma que
“São um retrocesso. Os direitos das mulheres se inserem nos direitos fundamentais, e qualquer criminalização é sempre uma ameaça a esses direitos. Me parece absolutamente contraditório, paradoxal mesmo, pretender avançar por meio de um instrumento como o sistema penal, que, na sua própria natureza, fere direitos.”
Ainda segundo ela, o sistema penal
“(…) é um sistema de poder que recai preferencialmente sobre as pessoas mais vulneráveis e que não serve para promover direitos. E os direitos das mulheres se baseiam fundamentalmente na promoção de direitos, não na retirada de direitos de terceiros.” (The Intercept, 18/12/2019)
A esquerda punitiva e carcerária argumenta que Robinho foi condenado na Itália, onde, supostamente, haveria um Estado Democrático de Direito. Ignora, no entanto, que o Estado italiano e, particularmente, o seu sistema judicial, é um herdeiro direto do Estado fascista de Mussolini. Após a queda da ditadura fascista, com o fim da II Guerra Mundial, o poder judiciário ficou intacto, abrigando antigos juízes que trabalhavam para o regime. Ficou famosa a repressão dos “anos de chumbo” das décadas de 1970 e 1980 e a situação permanece praticamente a mesma até hoje. Tanto é que essa é a mesma justiça responsável pela prisão política do ativista Cesare Battisti.
De acordo com numerosas denúncias, o sistema carcerário italiano é o mais repressivo e desumano da Europa Ocidental, com muitas prisões superlotadas, onde uma quantidade considerável de detentos sequer foi julgada e lá são torturados e mulheres imigrantes são estupradas (Prision Photography, 13/03/2009).
As celas italianas têm 17 mil detentos a mais do que comportam e 12 mil presos ainda estão à espera do primeiro julgamento, segundo dados de 2015. A própria ONU já criticou várias vezes as condições propícias para o suicídio nos presídios do país.
Vivemos, na prática, em uma ditadura, tanto no Brasil como na Itália. E todo esse aparato repressivo, todas essas prisões superlotadas, jamais serviram para diminuir a criminalidade ou os estupros ou os homicídios. Pelo contrário: como parte essencial da ditadura burguesa na fase imperialista do capitalismo, esse aparato é um responsável fundamental por todos os tipos de crimes.
Não há outra forma de resolver essa situação senão ir à raiz do problema, que é o método marxista e revolucionário, totalmente diferente dos métodos paliativos propostos pela esquerda pequeno-burguesa. A situação só poderá ser resolvida através de uma ampla mobilização revolucionária de todos os oprimidos contra esse sistema, das mulheres, dos negros e dos trabalhadores, mobilização essa que construa poderosas organizações femininas que, junto aos demais oprimidos, liderados pela classe operária, derrube todas as formas de opressão originadas da divisão da sociedade em classes sociais. Não há outro caminho senão o da auto-organização e da revolução, sem qualquer crença de que as instituições putrefatas que nos oprimem possam nos beneficiar.

https://www.causaoperaria.org.bentre-robinho-e-a-ditadura-burguesa-esquerda-escolhe-a-ditadura/
submitted by Des777soc to BrasildoB [link] [comments]


2020.09.30 20:25 RakonHenri Mulher diz que gata morreu após comer folha de 'sementes misteriosas' que vieram da China

Mulher diz que gata morreu após comer folha de 'sementes misteriosas' que vieram da China submitted by RakonHenri to brasil [link] [comments]


2020.09.19 16:03 hunner_davieon É isso que acontece quando o controle do estado chega até as relações entre os indivíduos: mulher é agredida pelo marido e o caso chocou a China, mas a Justiça negou seu pedido de divórcio (a princípio).

Em junho, Liu pediu o divórcio no tribunal do Condado de Zhecheng na província de Henan, mostrando a agressão na butique como prova. O tribunal negou o seu pedido, afirmando que Dou não concordava com o divórcio e que eles teriam de procurar uma arbitragem. Liu foi informada de que não poderia conseguir o divórcio enquanto o caso criminal contra seu marido continuava pendente.
“Nunca me ocorreu que os tribunais não me concederiam diretamente um divórcio na primeira audiência”, disse Liu.
Na tentativa de pressionar o tribunal, Liu mostrou o vídeo do espancamento no WeChat, rede social predominante na China.
Milhares de usuários uniram-se em sua defesa, e uma hashtag sobre o seu caso foi visualizada mais de 1 bilhão de vezes, no site de microblogging Weibo. Logo se seguiram entrevistas para o noticiário.
Não muito depois, um juiz convocou Liu para dizer que não haveria necessidade de uma arbitragem e que o tribunal daria um veredito em breve. No dia 28 de julho, três semanas depois de divulgar o vídeo, ela recebeu o divórcio. “Estou tão feliz”, comentou, enquanto se preparava para reabrir a butique depois de uma reforma. “Finalmente consegui o que queria”.
Fonte: https://internacional.estadao.com.bnoticias/geral,ela-foi-agredida-pelo-marido-e-o-caso-chocou-a-china-mas-seu-pedido-de-divorcio-foi-negado-pela-jus,70003442412
submitted by hunner_davieon to brasilivre [link] [comments]


2020.09.17 14:39 Fitburn Doenças crônicas de saúde, como hipertensão, diabetes e doenças cardíacas, aumentam o risco de morte do Covid-19?

Doenças crônicas de saúde, como hipertensão, diabetes e doenças cardíacas, aumentam o risco de morte do Covid-19?

Um novo estudo aponta a própria obesidade como culpada. Uma análise de milhares de pacientes tratados em um sistema de saúde do sul da Califórnia identificou a obesidade extrema como o principal fator de risco de morte entre os pacientes da Covid-19. Mais surpreendentemente, entre os adultos mais jovens e de meia-idade até 60 anos ou menos, e particularmente entre os homens.
Entre as mulheres com a doença, o índice de massa corporal - uma medida da gordura corporal com base na altura e no peso - não parece estar independentemente associado a um risco aumentado de morrer em qualquer idade, disseram os autores, possivelmente porque as mulheres têm peso diferente do que homens, que tendem a ter mais gordura visceral e abdominal. O estudo foi publicado na revista Annals of Internal Medicine.
A obesidade e o coronavírus são uma combinação perigosa por uma série de razões.
A obesidade causa restrição à respiração, tornando mais difícil limpar a pneumonia e outras infecções respiratórias. A gordura é biologicamente ativa e uma fonte de produtos químicos pró-inflamatórios, promovendo um estado de inflamação crônica no corpo antes mesmo de Covid-19 se instalar. A obesidade causa alterações metabólicas e anormalidades, mesmo na ausência de diabetes.
O estudo não é o primeiro a apontar a obesidade como responsável pelas mortes de Covid-19 em pessoas mais jovens. Embora os primeiros relatórios da China e da Itália não enfocassem a obesidade como um fator de risco independente, os médicos de outras partes do mundo, onde a obesidade é mais prevalente, foram rápidos em perceber que os indivíduos mais jovens que ficavam muito doentes frequentemente eram obesos.
Apenas 6% da população chinesa é obesa, em comparação com 20% da população da Itália, 24% da Espanha e 20% no Brasil. Os Estados Unidos, por outro lado, têm uma das maiores taxas de obesidade do mundo, 42%, e consequentemente o país com maior taxa de mortalidade do Covid-19.
Há muito trabalho que podemos fazer para combater melhor a Covid e muito que podemos fazer para melhorar nossas estratégias contra a obesidade, alimente bem, exercite-se, mude seus hábitos !
A academia é seu melhor remédio!
submitted by Fitburn to u/Fitburn [link] [comments]


2020.09.16 19:24 1984stardusta Censuraram mulher que denuncia a china

Censuraram mulher que denuncia a china submitted by 1984stardusta to Brasilivrelivre [link] [comments]


2020.09.14 20:25 Des777soc O stalinismo nunca apoiou nenhuma revolução; as boicotou (I)

Vi, em um debate recente, uma viúva de Stálin afirmar que as revoluções e implantações de estados operários em várias partes do mundo foi fruto da política do “socialismo em um só país” aplicada pela União Soviética a partir de meados da década de 1920. O debatedor encheu os pulmões para louvar o stalinismo, atribuindo à burocracia soviética os processos de libertação nacional e independência dos países coloniais e de governo operário no leste europeu, China, Coreia, Vietnã, Cuba…
Essa, no entanto, não é uma análise científica. O que realmente aconteceu foi muito diferente do propagado pelos stalinistas.
A teoria do “socialismo em um só país” foi desenvolvida em um momento no qual a burocracia stalinista havia tomado conta do Partido Bolchevique após a morte de Lênin com o único objetivo de se encastelar no Crêmlin e proteger-se de quaisquer turbulências. Foi uma desculpa para trair a tradição internacionalista fundada por Marx e Engels de promover a revolução mundial, afirmando que a URSS, após a guerra civil e as derrotas das revoluções pós-Revolução Russa, não tinha condições de levar adiante a organização do proletariado internacional para a tomada do poder.
O verdadeiro motivo era que, caso ocorressem revoluções em outras partes, essas transformações dariam um ímpeto à própria classe operária soviética, que já havia passado pela experiência revolucionária menos de dez anos antes, e esta se movimentaria novamente para reaver a política de 1917, desvirtuada e traída pela burocracia. Para recuperar a organização independente nos sindicatos – domesticados pela mão de ferro do estado operário degenerado -, os direitos conquistados após a revolução e que depois foram sendo retirados por Stálin – como o direito das mulheres ao aborto – e, finalmente, para retomar para si o poder do Estado, derrubando a casta burocrática que parasitava o aparelho partidário e estatal.
A burocracia – como qualquer burocracia reacionária – tremia só de pensar em perder os seus privilégios adquiridos à custa da classe trabalhadora.
Foi assim que, já em 1926, diante de uma greve geral de características revolucionárias na Inglaterra, a política externa stalinista tratou de conter o movimento operário inglês ao ficar à reboque dos sindicalistas social-democratas no Comitê Anglo-Russo, que traíram a greve e acabaram com ela. No ano seguinte, foi a vez de uma experiência ainda mais catastrófica na China, quando a aliança com o já reacionário Kuomintang levou o Partido Comunista a uma derrota avassaladora e a um banho de sangue dos operários que se ergueram em Xangai, desorganizando completamente o movimento popular chinês pela repressão do Kuomintang.
Após essas fatídicas derrotas, o stalinismo e a III Internacional controlada por ele implementaram um giro de 180 graus, indo da direita para o ultra-esquerdismo. Na Alemanha, por exemplo, os comunistas se recusaram a fazer uma frente única com a social-democracia contra a ascensão de Hitler e na França chegaram a apoiar ações fascistas contra a mesma social-democracia. Era a política do “Terceiro Período”, que pregava o “social-fascismo”, afirmando que não se poderia mais fazer alianças com os reformistas (mesmo eles sendo majoritários no movimento operário), porque eram o braço esquerdo do fascismo. Imaginavam, ademais, que seria até bom a subida ao poder dos fascistas, porque estes desestabilizariam a tal ponto o regime político burguês que enfraqueceriam a burguesia e, sendo eles próprios muito frágeis, abririam o caminho para a revolução socialista!
Depois de mais um ciclo de derrotas, com os nazistas enviando tanto os comunistas como os social-democratas para os campos de concentração, o stalinismo implementou um novo giro de 180 graus em sua política centrista, pregando novamente uma colaboração de classes com a burguesia e promovendo as chamadas frentes populares em todos os lugares.
Após aliar-se com os fascistas, portanto, o Partido Comunista Francês, sob as ordens da III Internacional, formou uma frente com o Partido Socialista e o Partido Radical em um movimento de ascensão revolucionária do proletariado francês. Essa frente serviu ao único propósito de conter o desenvolvimento da classe operária para a tomada do poder. Intensas agitações infestaram o país em 1936, com greves e ocupações de fábricas, até explodir uma greve geral de características revolucionárias. A frente popular, que estava no governo, teve de entregar os anéis para não perder os dedos, e o PCF foi fundamental nessa política, tanto de boicotar o movimento como de acabar com a greve fazendo concessões para que a crise revolucionária terminasse sem a tomada do poder pelo operariado, mantendo assim a burguesia no controle da situação.
Caso ainda mais grave foi na Espanha. O governo republicano teve forte apoio do Partido Comunista, sendo, assim, um governo de frente popular e colaboração de classes, e tendo chegado ao poder graças à mobilização radical dos trabalhadores espanhóis. A situação evoluiu de maneira que, em 1936, estourou uma revolução, na qual os operários ocuparam fábricas e os camponeses, as terras. A burguesia reagiu com o fascismo entrando em guerra civil com os republicanos e seus aliados comunistas e anarquistas. Durante a guerra, que durou até 1939, ao invés de tomar as armas para, enquanto lutava contra o fascismo, desenvolver o caráter socialista da revolução, os comunistas praticaram uma política tão direitista quanto os republicanos.
Mas o fato mais marcante da revolução espanhola foi o papel da própria URSS. Em sua política internacional de conciliação com os países imperialistas “democráticos”, concordou em não intervir do lado republicano na guerra, mas ao mesmo tempo a Alemanha e a Itália enviavam homens e armas para as tropas de Franco. Quando a situação degringolou, os soviéticos se limitaram a criar brigadas internacionais (sob a pressão do movimento operário mundial), controlando-as rigidamente, sem o poder necessário e possível para intervir de verdade na guerra a fim de desequilibrar o conflito a favor da República.
Quando chegaram à Espanha, as brigadas, subordinadas ao Partido Comunista (que, por sua vez, era subordinado a Moscou) substituíram, à força, as milícias operárias, transformando-as em exército regular e as incorporando nas tropas republicanas, que, naquele momento, já estavam em claro declínio. O ponto mais dramático foi o confronto do Partido Comunista com os militantes do Partido Operário de Unificação Marxista (POUM), que era tachado de trotskista, e que levou a uma repressão violentíssima de seus militantes pelos oficiais do PCE, desintegrando o POUM e jogando a pá de cal na última esperança de organização independente dos operários espanhóis. Isso já foi em 1939 e tornou-se fundamental para a derrota das forças de esquerda para o franquismo, que impôs seu domínio sobre o país transformando a Espanha em um estado fascista que durou 35 anos.
(Continua)
submitted by Des777soc to BrasildoB [link] [comments]


2020.08.13 13:06 R_DiasOficial Um Resumo Histórico dos Candidatos Presidenciais Democratas

"O partido dos pobres e oprimidos escolhe pessoas ricas e opressoras para a presidência."

Kamala Devi Harris. 55 anos. É polícia desde 1990 e está em posição de poder político desde 2003.

Eleger uma pessoa que pertence às forças polícias na altura em que as tensões raciais estão no seu pico não foi a melhor decisão do partido democrata. Ao contrário do consenso geral, ao longo dos anos a Kamala Harris veio a revelar ser o estereótipo perfeito de um polícia que abusa do seu poder, o que agrava um pouco a situação. É a mulher que mantinha os prisioneiros por um tempo superior ao das suas sentenças para obter mão-de-obra barata, e que prendia os pais das crianças que faltam as aulas, e ainda se ria na cara deles.
É uma pessoa que sempre defendeu ideias políticas controversas como o aborto até o parto, a pena de morte, baixar a idade de voto para 16 anos, ou a Affirmitive Action (uma política de discriminação racial que permite que pessoas Afro-Americanas possam entrar na universidade com notas inferiores à de pessoas brancas, enquanto que os Asiáticos precisam de ter notas superiores à de pessoas brancas. Ao contrário do que parece à primeira vista, esta medida veio contribuir negativamente na comunidade Afro-Americana).
É, também, uma mulher meia Indiana e meia Jamaicana, porém quando é convincente passa por Afro-Americana. Isto torna-se ainda mais controverso uma vez que certamente que beneficiou da escravatura praticada pelos seus antepassados, como o pai dela tanto se gosta de gabar. (É engraçado o facto de o Snopes classificar isto como "unverified". Bastava irem perguntar ao pai dela que ele não teria problema nenhum em confirmar, mas isso iria contra a narrativa... )
Também foi apanhada várias vezes a fingir ser alguém que não é, de modo a apelar aos votos de uma certa demografia. Por exemplo quando disse que fumava erva a ouvir o Snopp Dogg e o 2Pac enquanto andava na faculdade, porém nessa altura eles não existiam. Ou quando disse que o 2Pac era o seu rapper favorito vivo.

Joseph Robinette Biden. 77 anos. Está numa posição de poder político desde 1969 (ou desde 1840, segundo ele) e possui o apoio eleitoral da China, do Irão, do Bin Laden e de supremacistas brancos.

Tal como a Kamala, o seu passado também não é muito animador.
É mais conhecido pela sua War on Drugs que contribuiu para o encarceramento em massa de Afro-Americanos por cometerem pequenas infrações relacionadas com drogas. Ou então por ter fundado uma caridade de investigação para o cancro que, apesar de ter angariado milhões de dólares, não gastou nem um cêntimo em investigação.
Também é muito famoso por, de vez em quando, dizer frases do tipo:
É ainda o homem que, por mais irónico que seja, declarou Donald Trump como o primeiro presidente racista. Olhando para o passado do Biden, não será errado concluir que ele deve considerar os presidentes que possuíam escravos como "não racistas".
O seu historial cognitivo também não é dos melhores. Diz estar com pessoas que nunca esteve, em locais que não existem, a fazer coisas que não fez.
Tem acesso às perguntas antes das entrevistas e inclusive lê as respostas a partir de um teleponto. (Exemplo 1); (Exemplo 2); (Exemplo 3); (Exemplo 4); (Exemplo 5); (Exemplo 6)
Mas quando não tem diz que escolhem a verdade em vez dos factos, seja lá o que isso quer dizer. Confunde a mulher com a irmã. Cria frases sem qualquer sentido. Afirma que sempre foi contra a NAFTA, mas há provas de que votou a favor.. Mete o despacito a tocar no seu iPhone e põem-se a dancar num evento de hispânicos para combater o facto de eles apoiarem, maioritariamente, o Donald Trump. Num momento diz que está constantemente a realizar testes cognitivos, no outro diz que nunca fez um teste desse tipo e pergunta ao entrevistador Afro-Americano se ele é algum drogado viciado em cocaína.
Tem um problema com números: Diz que já morreram 120 milhões de pessoas nos EUA por COVID e recentemente corrigiu para 200 milhões, dos quais 6000 eram militares (quando o número verdadeiro é 7) e que metade da população norte americana foi morta por armas.
E depois também há o problema que ele tem de cheirar o cabelo, tocar de forma inapropriada e beijar mulheres na boca sem o seu consentimento. Uma dessas mulheres é a sua neta adolescente e as restantes são outras crianças que ele não conhece de lado nenhum.
Possui um caso de violação pendente, e inclusive a candidata a vice presidente, Kamala Harris, afirmou que acredita nas vítimas do Biden.
Por fim, ambos os candidatos democratas apoiam e apelidaram as manifestações que levaram a mais de 20 mortes, 900 ferimentos e mil milhões de dólares em danos como "protestos pacíficos" e andam a pagar para libertar esses criminosos (inclusive libertaram um pedófilo que penetrou uma criança).

Este post é apenas um pequeno excerto do passado destas pessoas. Com um pouco mais de investigação, é possível encontrar inúmeros outros fatores.

Obs: Decidi falar sobre a Kamala Harris em primeiro lugar uma vez que se o Donald Trump perder as eleições de 2020, quem irá ser o Presidente vai ser ela, e não o Joe Biden. Ele é o cadáver andante que o partido democrata está desejoso de se ver livre, assim que já não precisarem de o usar.
submitted by R_DiasOficial to portugueses [link] [comments]


2020.08.01 22:48 Rita_Bruce_Lee Um motel em Osasco e muita dor de cabeça

Gostaria de compartilhar essa história anonimamente. Aconteceu há alguns anos, mas de tempos em tempos, eu sinto a vontade de desabafar.
Na época, eu era uma universitária bem careta. Me divertia pouco, reclamava muito e trabalhava ainda mais. Tinha acabado de sair de um relacionamento bastante longo e, com a pressão do trabalho, sentia uma crescente vontade de ser mais como os outros jovens. Meus pais nunca foram controladores, sempre tive muita liberdade, mas criei diversas barreiras emocionais com o tempo, me tornando uma pessoa bastante... pau no cu.
Enfim, comecei a usar o Tinder. Não gostava muito das pessoas lá e a imensa maioria dos usuários parecia ansioso para transar. Pois bem, conheci um garoto bastante diferente de qualquer perfil no meu círculo de amigos/exes: ele curtia música black/rap/hip-hop, usava bastante droga, gostava de farra e conhecia bastante gente. Naqueles tempos, eu ainda tinha bastante preconceito, então fiquei surpresa ao conversar com esse cara, pois ele era muito inteligente, sabia muito sobre todos os tipos de música, estava estudando em um lugar legal, etc. Fiquei chocada. Éramos bem opostos, mas em algum ponto no meio do caminho, as coisas se cruzavam. Ele se dizia feminista e tínhamos algumas pautas em comum, sabe? O tipo corinthiano antifascista que é mais usual atualmente.
Antes de tudo, gostaria de dizer que, olhando para trás, eu não tinha barreiras emocionais, eu tinha uma muralha da China emocional.
Pela primeira vez, saímos para uma hamburgueria entre a minha casa e a dele. Tinha que trabalhar até às 22h, cheguei 10 minutos antes do lugar chegar, atrasada. Ficamos no máximo 30 minutos conversando, eu paguei a nossa conta e falei que tinha que voltar pra casa. Ele quis me dar uma carona, quis forçar um beijo, eu agradeci, disse que não, peguei um Uber e voltei para casa. Lembro de pensar: essa pessoa realmente não é pra mim, não acho que deveríamos sair novamente. Mas creio que fui agradável, ele pediu para nós sairmos novamente, a despeito dos contratempos.
Eu morava sozinha e tinha uma vida bastante solitária, cansativa. Nós tínhamos marcado de ir numa balada alternas na Barra Funda, eu havia planejado de desmarcar de última hora. No dia, recordo de me sentir super carente, coloquei uma roupa horrorosa que tinha no armário e fui. Estava em um mal humor tremendo, fedendo, queria beber, bater papo e voltar pra casa. Esse rapaz sabia que eu tinha pouca tolerância para bebida e, sabia ainda mais que eu não usava drogas. Recordo-me que fui extremamente desagradável esse dia, soberba e convencida, a linguagem corporal dizia que ele estava ali por pura educação. Após três cervejas, minha cabeça rodava muito, eu estava completamente desorientada, lembro de ter dito algo que era verdade: "Eu nunca estive tão bêbada na minha vida, me sinto incapaz de controlar meu próprio corpo". Ele rapidamente sugeriu em irmos para outro local. Eu repeti que gostaria de ir pra casa descansar. Ele insistiu que poderia dirigir, que poderíamos ir para outro lugar. Ok. Aceitei, não me sentia em condições de fazer outra coisa a não ser segui-lo.
Pisco, abro os olhos, estamos perto de uma viatura. Ele já teve problemas com a polícia, eu sou branca e aparento ser a pessoa mais careta que você viu na vida, digo: "pode ficar tranquilo, não vão nos parar". Pisco, abro os olhos: estamos em um motel. Começo a ficar nervosa, não sei se quero aquilo. Eles não têm quarto barato, ele pega o quarto mais caro do lugar, consigo ver no rosto dele o misto de nervosismo e tesão. Eu realmente não quero aquilo. Pisco, abro os olhos: ele está em cima de mim em uma garagem cafona de motel. Minhas roupas fedem a suor. Eu falo que não estou a fim, que quero dormir um pouco. Ele me convence para entrarmos no quarto e que posso dormir assim que estiver lá. Se não me engano, eu fui pra cama de roupa e tudo, me sentia completamente exausta e fora de mim. Pisco, abro os olhos: estou só de calcinha.
Bom, o restante vocês podem imaginar.
Eu disse "não" duas vezes aquela noite (pelo que me lembro): uma vez no carro e outra vez quando eu acordei no meio. Além do fato que eu estava completamente desorientada, que certamente não demonstra consentimento. Acordei, ele estava virado para o lado, ansioso com alguma coisa, tinha um compromisso ou algo assim. Eu estava exausta e queria dormir mais, mas me esforcei para sair da cama para tomar um banho. Sentia-me suja, contudo, fui gentil a todo minuto, na medida do possível. Estava confusa e minha cabeça doía horrores. Rapidamente, estávamos no carro. Lembro da brisa no meu rosto, naquele Corsa rebaixado com som tunado, tocando uma música que eu absolutamente detestava, pensei comigo mesma, enquanto passávamos pelo Jaguaré: "eu nunca mais quero ver essa pessoa na minha vida".
Alguns dias depois, recebi uma mensagem. Ele falava para eu ir no apartamento no qual ele vivia com a mãe para nos "divertir". Respondi de maneira polida, agradeci por tudo e disse que depois daquela experiência só gostaria de sair com mulheres. A réplica dele foi algo igualmente polido, mas dizendo que se sentia ofendido, porque, apesar de respeitar os LGBTs, aquilo significava que ele não havia performado bem sexualmente (algo nesse nível, mas bem sutil).
Após você, leitor (se há um leitor para isso!), terminar isso tudo, qual é a moral desse texto? Fui drogada? Não sei, provavelmente não, minha resistência a álcool era bem baixa na época, ainda que eu não tenha visto ninguém na vida apagar com três cervejas. Esse cara foi babaca? Sim e não, provavelmente ele desconhece o próprio erro. Ele me respeitou? Absolutamente não. Eu fiquei com algum trauma? Olha, essa história, de tempos em tempos, ainda me faz chorar. Eu evitei por alguns anos sair novamente com homens. Entretanto, não guardo rancor dessa pessoa, ele possivelmente desconhece o fato de que estuprou alguém e eu não me fiz ser notada.
É isso. Se você, rapaz do Corsa rebaixado que fazia FATEC estiver lendo isso, tenho dois recados:
  1. Me desculpa por ter sido uma mala sem alça aquele dia, eu era bem soberba na época.
  2. Espero que você não tenha estuprado mais ninguém.
submitted by Rita_Bruce_Lee to desabafos [link] [comments]


2020.07.10 00:46 HairlessButtcrack O BLM fez-me racista

Não teve nem 10 minutos no outro sub, quiz por aqui para ter outras perspectivas.
Fui criado a tratar todos da mesma maneira e julgar as pessoas ao nível das suas acções. Sempre tive isso como um dos meus pilares morais.
Ao crescer sempre vi pessoas a terem comentários de merda como "há e tal isso são coisas da tua cabeça", "ha e tal nasceu mulato mas tem olhos verdes já viste!?", "(estava a mandar vir com ele) e mandou me à merda", "ela é gira mas é burra e antipática", "não sabe coser nem cozinhar o marido é que faz tudo" entre outros. Estes sempre foram comentários que ou eram parvos para quem tinha a pele mais rija ou ofensivos para os outros. Às vezes acabavam com altercações mas pronto a malta aprendia.
Fui educado com valores católicos, um dos que me foi bem embutido foi "não faças aos outros aquilo que não gostas que te façam a ti" que para quem tem carro na cidade parece ser algo que nenhum condutor conhece.
"Quem nunca pecou que atire a primeira pedra" ou "não acredites em tudo o que ouves" que até há pouco tempo eram ícones na língua portuguesa mas agora já não. Agora basta ouvir "racista", "homofóbico", "nazi", "neo-", "sexista", "facho", "violador" que tudo o que é razão vai pela janela.
A isso entra um novo problema completamente importado dos Estados Unidos, "ismo sistémico" que não é ismo é um bicho papão que serve para pessoas que não foram educadas como deve de ser poderem ter um bode expiatório para justificar a sua própria incompetência/irresponsabilidade/infantilidade/imaturidade/falta de respeito. Algo que depois é papado pelos parvinhos todos na Internet que apesar de terem toda a informação descoberta pelo ser humano a dois cliques preferem achar que uma opinião anedótica de um gajo no Twitter é representativo do universo.
O meu problema neste momento é especialmente com o racismo, não estou a dizer que não existe quem o disser é obviamente estúpido. Sempre houve, ainda existe e continuará a existir. Agora a prevalência é que é diferente. Se me disserem que Portugal é mais racista que a China ou grande parte dos países em África ou Rússia ou Japão vou vos dar um estalo.
(Os exemplos seguintes são dos Estados Unidos) Não interessa que a maior causa de violência a negros sejam outros negros, não interessa que a maior causa de morte de negros sejam outros negros, não interessa que os brancos sejam os mais mortos pela polícia, não interessa que em países em que ter arma (us, México e Guatemala) é um direito constitucional hajam mais mortos pela polícia, não interessa que isto seja um problema maioritariamente americano. Não interessa que quando os navegadores chegaram a África para trocar bens foram lhes dados escravos em troca. Não interessa que países como Israel, Arábia Saudita, Rússia, China não recebam refugiados. "O homem branco é racista"
Mas isto não é exclusivo do racismo, sexismo também é outro bom exemplo. Não interessa que no ocidente as mulheres (tendo em conta todas as variáveis especialmente mesma educação, experiência, propensão a risco, e horas de trabalho) recebem ligeiramente mais que o homem, como saem do emprego para formar famílias (daí o wage gap), também não interessa que em Portugal as mulheres fiquem com a custódia dos filhos 95% das vezes ou que iniciem ≈80% dos divórcios, ou que a violência doméstica tenha taxas semelhantes entre homens e mulheres. "O homem é machista"
Mas se vens com justificações ou ousas sequer em rejeitar tais ideais progressistas és "-ista" Obviamente
Estou a dizer que estes problemas não existem ou não possam existir!? NÃO FODASSE ÓBVIO QUE NÃO. Estou a dizer que não são prevalentes? Estou. Dizer que é um bicho papão que está tão entranhado na "cultura branca" é pedir um convite a fazer como alguns dos escravos libertados nos EUA fizeram quando voltaram para África que acabaram por ser mais discriminados do que eram lá apesar de serem da mesma cor.
A Europa é o sítio menos racista no mundo se acham que é racista e sexista ponham-se no caralho experimentem o Sudão do Sul ou o Irão estão os dois bons nesta altura do ano. Eu obviamente pela minha narrativa e maneira de tratar pessoas segundo as suas acções sou racista e de certeza que não vou mudar. Se és um humano de merda és um humano de merda dá me igual que sejas "preto, monhé, kike, chinoca, cigano, paneleiro, gaja ou travesti" estou me a cagar. Assim que fazes algo que não é socialmente aceitável e até que tentes emendar ou mudar és inferior a mim e à média nacional, ponto.
Isto leva me a falar sobre a importância de uma sociedade homogénea, vocês não têm a noção de como ter uma sociedade assim é importante. A religião até à pouco tempo era quem mantia essa uniformidade em Portugal. O momento que se começa a apontar diferenças é o momento que as sociedades se dividem. Não é por nada que assim que Espanha permite cada região falar a sua própria língua que começam os movimentos separatistas. Não é por nada que o divide et impera é a estratégia militar mais bem sucedida de todos os tempos e uma que a Rússia usa desde a guerra fria(1983) e que tem usado (tanto como a China) para criar divisões nos Estados Unidos e vindo a verter para cá pelas redes sociais.
Eu acho e entendo que quando há problemas se devem falar neles contudo sou contra alimentar narrativas que se dizem prevalentes mas quando vamos a ver acontecem pontualmente. Tal como "os videojogos fazem as crianças matar pessoas" vamos ver os números... Correlação 0. Correlação com acesso a armas fraco. Correlação com passarem na televisão é grande.
Isto de alimentar narrativas de victimização e narrativas de extrema esquerda vai dar merda mais tarde ou mais cedo. Já estamos a ver partidos de direita e extrema direita a aparecer por todo o lado. O pnr a ganhar mais força e o Chega a ter o maior crescimento que algum partido alguma vez teve na história de Portugal. Continuem a dizer que são vítimas de ismos e a dizer que os outros são nazis continuem. Continuem a achar que a comunidade cigana não cria problemas e Leirosa há de se tornar num Panamá do Sul.
Sempre vi a cor de pele do outro como alguém vê a cor do cabelo ou cor dos olhos nunca registei sequer até ser chamado à atenção, hoje é a primeira coisa que noto continuo com a minha moral de tratar com respeito quem assim o merece mas irrita-me solenemente já não conseguir ver a cor de pele como a cor dos olhos.
submitted by HairlessButtcrack to portugueses [link] [comments]


2020.07.04 22:44 pegasobr Pergunta Honesta: Por que o movimento gay e racial é ligado a Marx e outras linhas de esquerda?

Não que tenha que ser de direita, mas ao longo do tempo tivemos várias ações de Che, Marx, governos como de Cuba, China etc contra os direitos de gays e sem falar de ditaduras do Oriente Médio que atentam contra mulheres. Tudo isso é ignorado porque do outro lado temos uma direita extremista pior?
submitted by pegasobr to brasil [link] [comments]


2020.07.02 18:57 Hambr Eu sei que isso é comum na China entre os ricos apaixonados, mas bem que esse comportamento pode ser um reflexo do que as mulheres estão falando sobre combater essa cultura que idolatra o Dan Dilzerian. Elas não estão falando somente por elas, mas alertando que os homens serão os mais afetados

Eu sei que isso é comum na China entre os ricos apaixonados, mas bem que esse comportamento pode ser um reflexo do que as mulheres estão falando sobre combater essa cultura que idolatra o Dan Dilzerian. Elas não estão falando somente por elas, mas alertando que os homens serão os mais afetados submitted by Hambr to brasil [link] [comments]


2020.07.02 01:05 Centurionzo Hoje começamos a segunda metade de 2020

O que você esperam ?
Vamos recapitular as coisas mais importantes para os brasileiros da primeira metade desse inesperado ano:
1 de janeiro, 60 pessoas morreram e mais de 397 mil foram deslocadas devido a inundações na capital da indonésia
2 de janeiro, varios incêndios na Austrália matam cerca de 500 milhões de animais
3 de janeiro, Bombardeiro aéreo dos EUA no Iraque, mata dois importantes generais do país
8 de janeiro, as forças iranianas atacaram duas bases do EUA no Iraque como vingança e um acidentalmente atiram em um voo internacional matando todas as civis dentro
11 de janeiro, China reporta primeira morte causada por Cornavirus
20 de janeiro, o vírus infecta mais de dez mil pessoas e mata 200
30 de janeiro, OMS declara Coranavirus como perigo para mundo
6 de Fevereiro, Astronauta Christina Koch aterrissa na MS-13 após completar 328 dias no espaço, a maior duração contínua para uma mulher
25 de Fevereiro, o coronavírus chega ao Brasil, o mito disse que iria passar logo
4 de março, Ronaldinho Gaúcho e o irmão Assis são detidos no Paraguai, por uso de documentos falsos, depois de 2 dias, tem ordem de prisão contra ambos.
11 de março, OMS declara como pandemia a doença do surto de coronavirus no mundo
12 de março, Mercado de Ações globais sofrem seu maior em apenas um dia desde 1987
10 de abri, Brasil chega a 1.000 mortes confirmadas por coronaviris
3 de maio , Brasil chega a marca de 100 mil casos confirmados de corona
5 de maio — Nas Filipinas, a rede de televisão líder do país recebe ordem para interromper transmissão pela Comissão Nacional de Telecomunicações do país
22 de maio, Brasil se tornou o país número 2 em maior casos de corona no mundo, e daí nos jamais caímos
25 de maio, nos EUA protestos começam com toda a força por morte de homem negro inocentes por policial
12 de junho, Brasil supera a Inglaterra e se torna o 2º país com mais mortes de corona no mundo
Eu pulei várias coisas, mas acredito que isso seja o mais importante para nós, não sabemos o que esperar agora, uma mutação do vírus? Nova Guerra ? Apocalipse?
Ninguém sabe, eu espero que as coisas fiquem melhores, boa sorte a todos
submitted by Centurionzo to brasil [link] [comments]


2020.07.01 13:15 PatrickPedrosa Referências culturais sobre Paralisia do sono

fonte: wikipedia
submitted by PatrickPedrosa to Catalepsia [link] [comments]


2020.06.29 17:46 AntonioMachado [2011] Domenico Losurdo - Uma análise crítica da relação entre liberalismo e democracia

Entrevista: https://www.ifch.unicamp.bcriticamarxista/arquivos_biblioteca/entrevista2015_11_09_16_38_4563.pdf
submitted by AntonioMachado to investigate_this [link] [comments]


2020.06.29 12:17 AntonioMachado [2015] Domenico Losurdo - A Luta de Classes Explica o Mundo

Entrevista: https://www.marxists.org/portugues/losurdo/2015/06/12.htm
submitted by AntonioMachado to investigate_this [link] [comments]


2020.06.15 01:43 Lost-Morning Cadeia de Ma Zigu Peng Yunhui: Na vida de uma criança, não há "um passo" ao acaso, deve haver um "plano"! O Mazars Valley desenvolveu o "Manual do Proprietário para mães e filhos de 0 a 6 anos"

Cadeia de Ma Zigu Peng Yunhui: Na vida de uma criança, não há
妈仔谷连锁彭云辉:孩子的人生,“一步”都不能随意,该有“计划”!妈仔谷为你制定“0-6岁母婴成长使用说明书”
Cadeia de Ma Zigu Peng Yunhui: Na vida de uma criança, não há "um passo" ao acaso, deve haver um "plano"! O Mazars Valley desenvolveu o "Manual do Proprietário para mães e filhos de 0 a 6 anos"
文 周君君

https://preview.redd.it/nzp4szxjpy451.jpg?width=3648&format=pjpg&auto=webp&s=316e6fff974f58a648370cd8b1ecc2e1ec7c4185
如果你走入妈仔谷总部,你会看上墙上一幕幕彭爸爸的黑白照片。一个眼睛不大却自带喜感的男人用温柔充满着爱的眼神对婴儿每一个细节呵护的照片,有的是他在喂婴儿喝奶,有的是他为婴儿在按摩,有的是为婴儿在换尿片,有的是在跟婴儿说话,有的是哄婴儿睡觉,有的是给婴儿洗澡……每一幕,都让人感受到浓浓的父爱,深深的感动,深深的震撼。
Se você entrar na sede do Vale Ma Zi, verá a foto em preto e branco de Peng Peng na parede. Uma foto de um homem com olhos pequenos, mas com um sentimento de alegria que cuida de todos os detalhes do bebê com olhos gentis e amorosos, alguns estão alimentando o bebê para beber leite, outros estão massageando o bebê e outros estão trocando a fralda para o bebê. Alguns estão conversando com os bebês, outros estão convencendo os bebês a dormir e outros estão banhando os bebês ... Cada cena faz as pessoas sentirem o amor de um pai forte, profundamente comovido, profundamente chocado.
人生路不可随意,每一步都得用心地走,每种遇见都会在人生当中留下印记,无论遇见人,遇见事,遇见物件;据世界儿童心理学,行为学专家数据,一个人初生到这个世界时0-6岁,是感知能力最强的时候,他的一切“遇见”都会被他深刻的感知,然后雕刻在他潜意识深处,伴随他一生,影响他一生的每一次“抉择”。所以每个父母希望能用更正确的方法论,更专业的方法,更专业的“情绪”,去为孩子做更多“对”的事情,希望能让孩子“遇见”更多的美好。可是初为父母,几乎都是处于混沌状态。
O caminho da vida não pode ser aleatório. Cada passo deve ser tomado com cuidado. Todo encontro deixará uma marca na vida. Não importa quando você conhece pessoas, quando conhece coisas, quando conhece coisas; de acordo com dados de especialistas em psicologia e comportamento infantil no mundo, uma pessoa nasce aqui. O mundo tem de 0 a 6 anos. É o momento em que a capacidade de perceber é a mais forte. Todas as suas "reuniões" serão profundamente sentidas por ele e depois gravadas nas profundezas de sua mente subconsciente, que o acompanharão por toda a vida e afetarão todas as "escolhas" em sua vida. Portanto, todos os pais esperam usar metodologias mais corretas, métodos mais profissionais e "emoções" mais profissionais para fazer coisas mais "certas" para seus filhos, na esperança de fazê-los "encontrar-se" mais bonitos. Mas os primeiros pais estão quase em um estado de caos.
那时的彭云辉和妻子自然也处于混沌之列。十四年前,还是独生子女的时代,孩子的降生就是每个家庭最重要的事情和全部关注的中心。那年,彭云辉初为人父,那是种非常奇妙的体验。充满惊喜,感叹生命的神奇和伟大,同时,又诚惶诚恐,不知道该如何正确地去面对新生命的成长,总担心一个细节没做好给孩子带来创伤,造成悔恨。
Naquela época, Peng Yunhui e sua esposa estavam naturalmente no caos. Quatorze anos atrás, era a idade de ter apenas filhos.O nascimento de um filho é a coisa mais importante e o foco de todas as famílias. Naquele ano, Peng Yunhui era o pai e foi uma experiência muito maravilhosa. Cheia de surpresas, lamentando a magia e a grandeza da vida, ao mesmo tempo sincera e com medo, não sei como enfrentar corretamente o crescimento de uma nova vida, sempre preocupada que um detalhe que não seja bem feito traga trauma à criança e causará remorso.
女人刚生完孩子,作息时间完全被打乱,又对孩子的过分紧张,对环境的过于敏感,很容易产生一定的忧郁情绪,而哺乳期阶段情绪的忧郁或者波动却直接影响到母乳的质量和产量。而彭云辉妻子就属于这种类型,孩子不足两个月母乳已经不足以供应孩子的需求。吃什么奶粉,吃什么辅食就成了一家老小讨论研究的重要话题。彭云辉开始专心研习专业书籍,在网上收集经验,唯恐选择错误让新生孩子受到一点伤害。
Uma mulher acabou de dar à luz um filho, sua agenda é completamente interrompida, ela está excessivamente nervosa com o filho e é sensível demais ao ambiente. É fácil produzir uma certa quantidade de depressão. No entanto, a depressão ou flutuação do humor durante a lactação afeta diretamente a qualidade do leite materno. E rendimento. A esposa de Peng Yunhui pertence a esse tipo: o leite materno para crianças com menos de dois meses não é suficiente para atender às necessidades das crianças. Que leite em pó comer e que alimentos complementares se tornaram um tópico importante para os jovens discutirem e pesquisarem. Peng Yunhui começou a se concentrar no estudo de livros profissionais e na coleta de experiências na Internet, para que a escolha errada não prejudicasse um pouco o recém-nascido.
那一段日子,彭云辉夫妇感觉每天过的慌慌张张,像在打乱仗。面对孩子每一天的成长,父母不仅需要谨言慎行给他们最好的成长环境,同时还需要战战兢兢如履薄冰的挑选他的食物和用品。从吃,怎么吃,何时吃,吃什么。到用什么,如何用,用那种。好不容易能够把吃的用的折腾好,孩子脸上冒痘痘,生病发烧……全家又成了热锅上的蚂蚁,家中又开始演绎着兵荒马乱人心惶惶的大剧,去医院打针吃药又担心孩子摄入抗生素,不去医院,似乎网上的经验之谈许多也没有成效……
Naquela época, o casal Peng Yunhui sentia pânico todos os dias, como se estivesse travando uma guerra. Diante do crescimento dos filhos todos os dias, os pais não apenas precisam ter cuidado e proporcionar o melhor ambiente para o crescimento, mas também precisam escolher a comida e os suprimentos de uma maneira assustadora. De comer, como comer, quando comer e o que comer. Para o que usar, como usar, use isso. Afinal, eu era capaz de jogar a comida, o rosto da criança estava com acne e ele estava doente e febril ... toda a família se tornou uma formiga na panela quente novamente, e a família começou a realizar um drama terrivelmente perturbado por soldados e cavalos. Preocupado com as crianças que tomam antibióticos e não vão ao hospital, parece que muitas conversas sobre experiências on-line não são eficazes ...
彭云辉对自己的理解,认为自己最大的优点就是相信任何事只要通过用心的学习以及实践,多参考优秀的经验一定可以找到更正确的方法,以更正确的方法,制定更正确的计划去做好。
O entendimento de Peng Yunhui de si mesmo acredita que sua maior vantagem é que ele acredita que tudo pode ser encontrado através de cuidadoso estudo e prática, e referindo-se a uma excelente experiência. .
他开始满世界去求教母婴专家,阅读大量书籍,经常去向有优秀经验的人学习,功夫不负有心人。孩子未满周岁,他已经从一个‘无知’的混沌爸爸,成长为朋友圈中传说的‘母婴专家彭爸爸’。从孩子什么阶段选择什么奶粉,配以什么辅食,到如何安抚孩子入睡,到小儿推拿,到孩子简单的小毛病,过敏,头疼脑热,闹肚子,他都可以处理的游刃有余。朋友经常笑他说他是可以“制定婴幼儿成长全计划”的“彭博士,彭爸爸。”然而,朋友们自己成为父母时,又经常上门找“彭博士”讨教求助。后来发展成经常一群朋友抱着孩子围坐在“彭博士”家开“座谈会”,后来朋友的朋友也慢慢加入了这个“行列”。当孩子有个头疼脑热,吃喝拉撒异常,大家都已经默认先跑“彭博士”家。由于彭云辉原本就是佛系性格,温和而乐于助人,后来朋友圈都昵称他为“彭爸爸。”
Ele começou a procurar o conselho de especialistas em mães e bebês em todo o mundo, leu um grande número de livros e muitas vezes aprendeu com pessoas com excelente experiência. A criança tem menos de um ano de idade e cresceu de um pai caótico da ignorância para um lendário especialista em mães e bebês, Peng Peng, no círculo de amigos. Ele pode lidar com tudo, desde qual leite em pó a criança escolhe em qualquer estágio, qual alimento suplementar, como acalmar a criança para dormir, massagem infantil, pequenos problemas infantis simples, alergias, dores de cabeça, febre cerebral e problemas estomacais. Os amigos costumavam rir dele e diziam que ele era "Dr. Peng, pai Peng", que pode "fazer um plano completo para o crescimento de bebês e crianças pequenas". No entanto, quando os amigos se tornaram pais, muitas vezes procuravam o Dr. Peng para obter ajuda. Mais tarde, tornou-se um grupo de amigos segurando crianças em torno da casa do "Dr. Peng" para realizar um "simpósio" e, em seguida, amigos de amigos gradualmente se juntaram ao "posto". Quando a criança tem dor de cabeça e calor no cérebro, comer e beber Lhasa é anormal, todo mundo deixou de executar o "Dr. Peng" primeiro. Como Peng Yunhui era originalmente um personagem budista, ele foi gentil e prestativo.Mais tarde, seu círculo de amigos o apelidou de "Papa Peng".
那一年,彭云辉如平时一样一边吃着早餐一边读着报纸,一个醒目的标题吸引了他——产妇患抑郁抱着两个孩子跳楼。看完以后,他深深惊憾,久久不能平静,连续两天吃任何食物都味同嚼蜡,无法下咽。第二天,彭云辉和妻子商量,决定放弃奋斗十几年年营收超千万的贸易公司,开一家母婴店,他将从源头开始精选最好的吃用物品,同时,用他所学集合一些专家为初生父母们制定更专业的母婴全系统计划,以及母婴日常问题提供解决方案,他觉得这真是太重要了,他跟妻子讲起了昨天报纸上那骇人听闻的那則新闻,妻子听后唏嘘不已回想起自己曾经也患过轻微的产后抑郁,非常支持丈夫的选择,认为这确实是很有意义,能够帮助他人的事。
Naquele ano, Peng Yunhui estava tomando café da manhã e lendo o jornal como sempre, e uma manchete impressionante o atraiu - a mãe com depressão e segurando dois filhos pulando. Depois de assistir, sentiu-se profundamente arrependido por não conseguir se acalmar por um longo tempo, e comer qualquer comida por dois dias consecutivos com gosto de mascar cera e não conseguir engolir. No dia seguinte, Peng Yunhui discutiu com sua esposa e decidiu abrir mão de uma empresa comercial com uma receita anual de mais de 10 milhões de yuans e abrir uma loja para mães e bebês, que selecionará os melhores alimentos e suprimentos da fonte e, ao mesmo tempo, usará seu Aprenda a reunir alguns especialistas para formular um plano de sistema mãe-filho mais profissional para pais recém-nascidos e fornecer soluções para os problemas diários de mães e bebês.Ele acha que isso é realmente importante.Ele disse à esposa sobre as notícias apavorantes do jornal de ontem. Depois de ouvir isso, a esposa suspirou e lembrou-se de ter sofrido uma leve depressão pós-parto, apoiando muito a escolha do marido e achou que era realmente significativa e poderia ajudar os outros.
2005年彭云辉创立“妈仔谷”,字面意思是妈妈孩子在一个欢乐安全的世界里。“马仔谷”真正的寓意是,每一位马仔谷的服务顾问都能秉承大爱,幼吾幼以及人之幼,把天底下每个孩子都视如己出去爱和呵护,为宝爸宝妈提供科学育儿系统解决方案并帮助每个家庭把母婴养成计划落实到每一天的生活中去,让每个父母都能成为“母婴专家。”
Em 2005, Peng Yunhui fundou o "Vale Mãe", que literalmente significa que mãe e filho estão em um mundo feliz e seguro. A verdadeira implicação do "Mazi Valley" é que todo consultor de serviços do Ma Zi Valley pode defender grande amor, jovens e jovens, e tratar todas as crianças do mundo como se não estivessem por amor e carinho. Pais e mães fornecem soluções científicas para o sistema parental e ajudam cada família a implementar planos de desenvolvimento de mãe para filho em suas vidas diárias, para que cada pai possa se tornar um "especialista em mães e filhos".
而今妈仔谷已经成为母婴衣,食,住,行,用,教,乐,按摩,咨询,心理辅导等全方位一站式服务的互动机构,成为中国专业制定母婴计划的领先品牌。连锁店超过数百家,专业母婴顾问超过2000人,影响亿万家庭,成为亿万家庭信赖的知名品牌。
Hoje, a Ma Zai Gu se tornou uma agência interativa abrangente e abrangente para roupas de mãe e bebê, comida, moradia, viagens, uso, ensino, música, massagem, aconselhamento, aconselhamento psicológico, etc., e tornou-se a marca líder da China na formulação profissional de planos para mães e bebês. Existem mais de centenas de cadeias de lojas e mais de 2.000 consultores profissionais de mães e bebês, afetando centenas de milhões de famílias e tornando-se marcas bem conhecidas, confiadas por centenas de milhões de famílias.
彭云辉说:“我一直非常非常爱孩子,我非常爱孩子的笑,那是世界上最纯净的笑容,我们该感恩与孩子的“相遇”,我们该珍惜善待与孩子相处的每个时刻,我们得设法尽可能让他感知到这个世界很多很多的美好,遇见这个世界很多很多的爱,这就是妈仔谷存在的意义。”孩子诞生,我们不再恐慌,混沌,我们一起牵手去妈仔谷吧!
Peng Yunhui disse: "Eu sempre amo muito crianças. Amo muito o sorriso das crianças. Esse é o sorriso mais puro do mundo. Devemos ser gratos pelo" encontro "com crianças. Devemos valorizar cada momento que temos com crianças. Você tem que tentar fazê-lo sentir o máximo possível neste mundo, e conhecer muitos, muitos amores neste mundo, que é o significado da existência de Ma Zai Gu. "O nascimento de um filho, não mais entramos em pânico, caos, vamos para Ma Zai Gu Certo!
盘湘文化 周君君
submitted by Lost-Morning to u/Lost-Morning [link] [comments]


2020.05.13 18:50 JonasLogico O STF errou liberando a doação de sangue por MSM

Esse assunto é super delicado, mas precisa ser discutido. Recentemente o STF liberou a doação de sangue por homens homossexuais ( https://brasil.elpais.com/brasil/2020-05-08/em-decisao-historica-stf-derruba-restricao-de-doacao-de-sangue-por-homossexuais.html) e não vejo a decisão do STF como uma vitória. É essencial combater o preconceito, mas dessa vez os ministros ignoraram a ciência e as evidências.
Em muitos lugares (cingapura, grécia, china) também proibem por tempo indeterminado esse tipo de doação de sangue, isso porque a probabilidade condicional P(HIV dado que homem que faz sexo com homem) é pelo menos uma ordem de grandeza maior do que P(HIV) na população geral (segundo a UNAIDS P(HIVMSM)/P(HIV)>20). Mulheres (homossexuais ou não) nunca tiveram esse ban.
Em muitos outros países (Australia, Bélgica, Canada, França, Alemanha, Japão, Israel, Irlanda...), homens que fazem sexo com homens (MSM) e mulheres que tem esses parceiros também são proibidos de doar por pelo menos 3 meses depois da última relação (sendo que a moda é 1 ano no tempo médio dessa lista que eu citei).
O teste de ácido nucleico (que é caro) usado em todos os sangues doados tem uma janela de pelo menos 12 dias que pode passar algo batido. Do jeito que foi aprovado pelo STF, achei muito inconsequente com as pessoas que dependem de doação de sangue pra sobreviver. O _mínimo_ que se deveria é ter um ban de pelo menos 3 meses desde a última relação.
submitted by JonasLogico to brasil [link] [comments]


2020.05.05 23:43 aquele_inconveniente Portugal cumpre o Art. 43º (Liberdade de aprender e ensinar) da Constituição?

Artigo 43.º

Liberdade de aprender e ensinar
  1. É garantida a liberdade de aprender e ensinar.
  2. O Estado não pode programar a educação e a cultura segundo quaisquer diretrizes filosóficas, estéticas, políticas, ideológicas ou religiosas.
  3. O ensino público não será confessional.
  4. É garantido o direito de criação de escolas particulares e cooperativas.

Olá a todos de novo. O meu último posto atraiu uma discussão saudável e exceptuando comentários pontuais achei a maioria construtiva, independentemente da posição dos diferentes participantes na discussão. Além disso, gostei de introduzir um tema controverso, algo que se comprova por uma proporção quase idêntica entre os muitos cima-votos e baixo-votos que recebeu. Isto só me motivou a introduzir mais tópicos semelhantes.
Hoje gostava de sugerir, a quem queira, discutir sobre a nossa constituição, mais concretamente o ponto 2 do artigo 43.
Apesar de ter lido a constituição há alguns anos, este ponto passou-me ao lado. No entanto, com o debate que hoje se fala de doutrinação de esquerda ou de direita em escolas públicas, saltou-me à vista numa releitura recente.
As perguntas que vos faço para uma discussão saudável é a seguinte:
  1. Está Portugal a cumprir com a sua constituição ou a tornar o ensino público permeável a doutrinações ideológicas (sejam vindas do que usualmente chamamos esquerda, ou direita)
  2. Caso não esteja a cumprir porque não vimos uma mudança constitucional (para regularizar a situação) ou estes temas discutidos pelo Tribunal Constitucional?

Convido quem quiser contribuir a mostrar outros exemplos que podem ser questionáveis, mas numa pesquisa minha pequena encontrei alguns que podem ser interpretados como ideológicos.
IMPORTANTE: Em nenhum momento gostava que se discutisse se algo devia ser ensinado ou não porque melhoraria a sociedade dependendo de uma dada ideologia. Também não quero defender a existência ou exigir a remoção de nenhuns dos pontos que apresento. Apenas quero introduzi-los para que nos possamos perguntar se existem temas doutrinários (independentemente de serem moralmente bons ou maus) e a legalidade disso
1. Temática da Identidade de Género ("Esquerda")

O manual EQUI-X corresponde à materialização do projeto com o mesmo nome que foi desenvolvido pelo CES-Universidade de Coimbra em parceria com o Promundo Portugal entre janeiro de 2018 e dezembro de 2019. O objetivo de EQUI-X foi o de promover as masculinidades equitativas e a igualdade de género entre jovens com idades entre os 12 e os 18 em escolas públicas do 2º e 3º ciclo do ensino básico e jovens do mesmo espectro de idades a cumprir medidas educativas em centros educativos em Coimbra, Lisboa e Vila do Conde. No total, a equipa do CES conduziu 52 sessões educativas com um total...
https://www.cig.gov.pt/wp-content/uploads/2020/01/Manual-EQUIX.pdf
Esse documento é um manual de como educar os jovens para este tema. Dentro deste manual encontramos repetidamente o conceito de "masculinidades não violentas" e a sua importância mas nunca o conceito de "feminidades não violentas", sugerindo um enviesamento doutrinal por parte dos autores contra o sexo masculino
Além disso há afirmações como as seguintes:
É o género que sentes ser! Género é uma construção social, baseada em padrões histórico-culturais, atribuída às pessoas de uma sociedade de acordo com o sexo. Por ser um papel social é mutável. Em Portugal apenas são legalmente reconhecidos os papéis de homem e mulher
Acho por exemplo diferente dizer que identidade de género existe ou não, de classificá-la exclusivamente como construção social (como se vê no excerto) e usar frases como "É o género que sentes ser". Mais preocupante é a incoerência deste discurso, pois se por um lado diz que é construção social, por outro diz que é atribuído de acordo com o sexo (incompatível com a ideia de que é algo independente do sexo biológico)
Existem mais pontos controversos, ou incoerentes, como definir "sexo" como sexo biológico mas depois referir que orientação sexual incide sobre o género do outro e não o sexo. Ex. um heterosexual necessariamente teria de ter atracção não só pelo sexo feminino mas também por transgéneros que tivesse nascido homem e se identificasse como mulher.
Além de haver muito diálogo e ausência de consenso na comunidade científica sobre este tema, o próprio sujeita-se a questionamentos e a atribuição de implicações profundas para a sociedade que roçam a ideologia.
2. Educação Moral e Religiosa ("Direita")
Apesar de ser católico, acho que a existência da disciplina de Educação Moral e Religiosa, entra em conflicto com o que se colocou na constituição.
Este ponto pode ser considerado por muitos como menos problemático que o primeiro, principalmente pela possibilidade dos pais poderem optar por terem o filho nesta disciplina ou não. Algo não presente na identidade de género (ponto 1)
Apesar desse ponto de ser opcional, o artigo diz que o Estado não pode programar a educação seguindo diretrizes religiosas. Como esta disciplina tem um programa definido pelo ministério de Educação então não me parece que seja completamente em linha com o que se colocou na constituição. Quanto muito é algo num campo cinzento.
Em contrapartida existe a catequese, que não é obrigatória e não responde ao Estado.
3. Debate
As escolas sempre foram armas para diferentes regimes. Durante o Estado Novo formavam-se cidadãos com pendor nacionalista exaltando doutrinas nacionalistas. Na União Soviética fazia-se o mesmo sobre o comunismo, e hoje na China continua-se a fazer o mesmo. Não sei se só porque somos uma democracia nos torna imunes à tentação ds elites que nos governam ,e que têm acesso à programática do ensino público, aumentarem os seus futuros votantes usando as escolas públicas.
Acho muito diferente formar cidadãos competentes, ensinando civismo (não sujar as ruas, não insultar ou discriminar ninguém na rua, etc), matemática, histórica, química, etc do que abrir espaço para coisas que ainda que em voga e apoiadas pela sociedade num dado momento não deixem de ser ideológicas.
Com certeza existem muitos outros pontos, e estou certo que alguns de vós até me podeis explicar que um destes dois não é doutrinal. No entanto acho que é um tema relevante a debatermos pois independentemente da doutrinação pender para a esquerda ou para a direita, a sua existência é um precedente para que no futuro possamos ter algo bem mais perigoso.
Obrigado pelo vosso civismo!
submitted by aquele_inconveniente to portugal [link] [comments]


2020.04.30 14:54 DumbUnemployedLoser Eu sei que agora o "pocket man bad" anda forte [com razão], mas vamos com calma

A extrema-imprensa ainda existe. A esquerda, em sua maioria, ainda quer PT e Ciro Gomes. Eles vão continuar mentindo, dizendo que 2019 foi um ano apocalíptico para o Brasil, com 1 trilhão de km da Amazônia sendo desmatada por dia, minorias e mulheres sendo assassinadas, genocídio de indígenas, que as mortes "aumentaram" pois policiais estão matando mais meliantes [o horror!!], que o Brasil era uma maravilha até o golpe de 2016...
Bolsonaro fez merda e merece perder apoio, mas sejam sensatos. A esquerda tá cagando pra eleitor de direita, só estão usando esse "gado" temporário pra subir as "hashtags" deles. Pagando de amiguinhos dos "arrependidos". Se o governo estivesse indo bem, a esquerda e a imprensa ainda estariam fazendo balbúrdia de toda forma, inventando crises, como foi a forma de operação no ano passado.
Se quiser identificar os usual suspects, observe as narrativas. Se a pessoa cita Amazônia, fala "eu avisei", chama Bolsonaro de miliciano, tenta fazer pouco caso do fato da OMS ser putinha da China e faz grande caso do Bolsonaro falando "e daí", então tem uma grande chance dessa pessoa ser um opositor do Bolsonaro desde o início.
Elaborando em alguns pontos, não vou entrar na questão do Bolsonaro ser miliciano ou não. O ponto é que só quem chamava ele de miliciano eram esquerdistas, desde a época que ele assumiu. Se alguem de direita hoje chama o Bolsonaro de miliciano, eu pergunto: por quê agora, se as evidências de que ele seja um não mudaram do ano passado pra cá? Outro ponto, Bolsonaro falou diversos "e daí?" em vários pontos do ano passado. Por que agora é motivo pra grande alarde? Teve tipo uns 15 tópicos ontem fazendo histeria sobre essa fala, que ao meu ver foi até interpretada de maneira maliciosa. Ou seja, se a pessoa checa nesses dois pontos aí, tem uma chance MUITO grande de ser concern troll.
submitted by DumbUnemployedLoser to brasilivre [link] [comments]